Os Carreiros do Monte são os homens que conduzem o meio de transporte mais pitoresco da Ilha da Madeira: os carros de cesto, ou tobogãs, como também são conhecidos. Este interessante meio de transporte surgiu em 1850, dada a falta de acesso para e do Monte, que na altura já era um dos locais de eleição da Ilha, escolhido pela nobreza e homens de negócio, e também pela rica comunidade britânica. Anualmente são aos milhares as pessoas que se deixam fascinar pela experiência de deslizar a grande velocidade por uma rua numa numa espécie de trenó de verga. As almofadas suavizam a corrida e os passageiros vão em segurança nas mãos de dois condutores (os chamados carreiros), que empurram e guiam o carro de cesto pela traseira, usando as botas como travões.

Numa descida do Monte ao Livramento onde se percorre dois quilómetros em dez minutos num carro de cesto de vime montado sobre patins de madeira descendo através de uma estrada chamada Caminho do Comboio. É um meio de transporte formidável de apenas dois lugares movidos pelos pés de dois homens, denominados de "Carreiros". A duração é de 10m, atingindo num máximo 40 km/h, num percurso de 2 km.
OS CARROS DE CESTO
Os carros de cesto do Monte são feitos em vime e montados em dois “patins” de madeira. São tradicionalmente produzidos manualmente por artesãos qualificados e carpinteiros, especialistas na técnica de fabricação com vime desde meados de 1800, num método clássico, artesanal e usando o melhor vime e madeira local, para garantir que um alto padrão de qualidade é aplicado a cada carro de cesto.
OS "CARREIROS"
Os carros de cesto são empurrados por dois condutores chamados "Carreiros", vestidos de branco e usando os típicos chapéus conhecidos como "chapéus de palha". Também usam botas com sola de borracha, para conseguir reduzir a velocidade sempre que necessário, utilizando as botas como “travão” do carro de cesto. A confiança e perícia destas pessoas, contribuíram para o grande reconhecimento da Associação pelos turistas e pelo país.

You may also like

Back to Top