O imaginário popular português ganha expressão na Festa dos Tabuleiros, em Tomar, que é uma das maiores e mais antigas celebrações do país. Acontece de quatro em quatro anos e, nela, participam milhares de habitantes de todas as freguesias do concelho. Em 2019, o cortejo contou com 748 tabuleiros e cerca de 1500 pessoas num desfile que encheu de cor a 'Cidade Templária'. Num percurso de, aproximadamente 5 km, são as mulheres quem carrega à cabeça os tabuleiros com pães e espigas de trigo, enquanto os homens as acompanham. Todos trajados a rigor. Cada tabuleiro é recheado de 30 pães. Se se juntar o peso de um cesto e outras ornamentações, cada rapariga leva perto de 17 quilos à cabeça. Depois de ser já Património Nacional, este cortejo - um dos mais visitados em Portugal - integra agora a corrida para integrar o Património Mundial da Humanidade da UNESCO. ​​​​​​​
Back to Top